Receba as novidades da Sigma por e-mail.

A importância de investir na cibersegurança de sua empresa

Com empresas cada vez mais conectadas, informações disponíveis on-line, trabalho remoto e inúmeros dados sendo trocados a todo instante, pensar em cibersegurança se tornou fundamental para qualquer organização. Afinal, é preciso encontrar maneiras de tornar esses processos seguros não só para a empresa, mas também para os clientes.

Casos de ataques digitais estão cada vez mais comuns no Brasil. Só em 2020, houve um aumento de 330% nas tentativas de invasão a sistemas corporativos no país, um crescimento influenciado especialmente pela transição ao trabalho remoto, aumento de compras online e uso de bancos digitais.

No caso das pequenas e médias empresas (PMEs), nova pesquisa do Capterra indica que mais da metade delas (57%) já sofreu tentativa de fraude digital ou efetivamente um golpe digital.

Das empresas que relataram terem sofrido uma tentativa de golpe digital ou um golpe digital, o phishing foi o tipo de ataque mais citado: 83% dos respondentes destacaram que sua empresa já foi vítima de recebimento de mensagens fraudulentas via e-mail.

a importância da cibersegurança

Segurança cibernética, ou cibersegurança, é um conjunto de ações tomadas para proteger informações de empresas disponíveis em computadores, servidores, sites, aplicativos, dispositivos móveis, e-mails, sistemas eletrônicos e redes da empresa.

Dados de clientes, documentos da empresa, informações sensíveis ou sigilosas e outros itens precisam estar protegidos, tanto para garantir a segurança dos clientes quanto da própria empresa.

Quando uma empresa tem seus dados expostos, sua reputação pode ser colocada em xeque, o que prejudica sua imagem e, muitas vezes, até seu valor no mercado.

E, segundo um especialista em privacidade, um dos maiores erros é pensar que apenas grandes empresas estão sujeitas a invasões. “na verdade, de acordo com o Relatório de Investigações de Violação de Dados de 2020 da Verizon, 43% dos ataques cibernéticos tinham como alvo pequenas empresas”, informa. Gestores responsáveis pela segurança precisam reconhecer a necessidade de treinamento e integração dentro de suas equipes, evitando erros, criando processos e incentivando uma cultura de cibersegurança na empresa toda.

Aqui no Brasil, o cuidado com os dados e a segurança cibernética ganhou um reforço a mais com a lei geral de proteção de dados, a LGPD, que passou a valer no final de 2020 e que chama a atenção para a proteção de informações pessoais.

A lei exige das empresas uma atenção muito maior com o armazenamento de dados de seus clientes e usuários, fazendo com que as empresas voltem sua preocupação para processos, sistemas e políticas se segurança, além de capacitação da equipe, para que estejam em conformidade com a LGDP.

o valor dos dados

Dados são informações de todo tipo, que podem ser valiosas para outras empresas. Um contrato, planilhas financeiras e outros documentos que têm valor estratégico e de inovação, por exemplo. Apesar da discussão ser sobre segurança cibernética, essa proteção de informações também precisa fazer parte da cultura da empresa, já que os colaboradores lidam todos os dias com informações sigilosas e relevantes para a empresa.

Assim, esse vazamento pode acontecer a partir dos colaboradores ou por algum processo pouco seguro que abre margem para isso.

Além disso, o trabalho conectado e o compartilhamento de informações entre celulares, e-mails, computadores e nuvem também exigem que as empresas estejam mais atentas à segurança cibernética de seus processos internos, e requer uma atenção integrada de todas as partes da empresa.

para ficar atento

Alguns cuidados que podem ser feitos para aumentar a segurança cibernética de uma empresa, principalmente no que diz respeito ao comportamento dos colaboradores:
– não abrir anexos de e-mail de remetentes desconhecidos;
– evitar conexões em Wi-Fi público;
– utilizar senhas fortes (e use um gerenciador de senhas);
– manter sistema operacional e aplicativos atualizados;
– utilizar um bom antivírus.

A partir desses cuidados básicos, PMEs já minimizam bastante o risco de ataques, mas para mitigar completamente o acesso de criminosos à rede da empresa, é preciso investir continuamente em cibersegurança: Equipamentos, aplicações, serviços de monitoramento, treinamento de todos os colaboradores e não apenas a equipe de TI, entre outros cuidados.

como aplicar a cibersegurança na sua empresa?

Quando se trata de um assunto tão sério quanto a segurança da sua empresa, é preciso investir em fornecedores que trabalhem com os melhores fabricantes, que tenham profissionais especializados, certificados e atualizados sobre cibersegurança, inclusive os novos tipos de ataques criminosos.

A Sigma tem profissionais de cibersegurança extremamente capacitados, com certificações e premiados pelo melhor fabricante de soluções de cibersegurança do mundo, a Fortinet.

As soluções de cibersegurança da Sigma são completas, incluindo desde o projeto, equipamentos necessários, sistemas, aplicações, processos, serviços até o suporte. Ou seja, tudo o que for necessário para proteger de verdade sua empresa. Além disso, são soluções flexíveis, que atendem todo tipo de empresa, de qualquer segmento e porte.

Quer saber mais sobre o assunto? Então entre em contato conosco, converse com a equipe e dê um passo importante para evitar problemas com a LGPD, proteger a reputação e a imagem de sua empresa!

(Visited 15 times, 1 visits today)

Notícias relacionadas